Sombrinha na Estrada: Lima, Peru

Head

Oi gente, como vocês estão?

O post de hoje é inspirado em um que tinha feito num blog antigo e gostei muito. E como estamos tendo uma enchurrada de feriados resolvi postar aqui porque Viajar para o Peru é uma delícia, e é uma viagem que podemos fazer tranquilamente num feriado de cinco dias. O post é sobre Lima, onde estive no feriado de Corpus Christi ano passado, depois fomos para Cuzco e Águas Calientes (vilarejo onde fica Macchu Picchu), se vocês gostarem, depois volto com posts sobre os outros destinos pra vocês!

A princípio eu não estava muito animada com a idéia de viajar para o Peru, mas ao chegar em Lima, fiquei chocada com tantos lugares lindos e coisas bacanas que o país tem para oferecer. Foi uma grata surpresa e serviu mais uma vez para mostrar que temos que valorizar mais nossos vizinhos aqui da América Latina, e que para viajar mesmo e aproveitar de verdade temos que nos despir de preconceitos. Vou mostrar algumas fotos e coisas legais de Lima, capital do Peru, que eu não fazia idéia, mas é uma cidade enoorme com 8 milhões de habitantes e onde não chove há mais de vinte anos! A média de chuva lá é de 8mm por ano, por conta da cordilheira que não deixa a chuva chegar à cidade. Apesar disso, o oceano pacífico trás muita umidade para a cidade, e normalmente o céu está sempre cinza, mas nós tivemos sorte, e nos nossos dias na cidade fez sol na maior parte do tempo!

A viagem de ida foi meio sofrida porque tivemos que passar a noite no aeroporto praticamente, porque nosso vôo era muuuito cedo e o último vôo saindo de Vitória pro Rio era tipo 20:30. Mas com isso, chegamos em lima de manhã, e aproveitamos bem o dia.

 miraflores

Nosso hotel era no Bairro de Miraflores, que é um dos bairros mais bacanas da cidade e, junto com San Isidro, formam a parte mais nobre da cidade. Deixamos as malas no quarto e fomos logo explorar o lugar.

 Parque Kennedy, LimaParque Kennedy, Lima

O primeiro lugar que visitamos foi o Parque Kennedy, um lugar lindo, super bem cuidado, cheio de gente passeando e tomando sol, e com vários bares e restaurantes em volta. Ah, nem mensionei que o parque possui wi-fi. Ponto extra, né?

LaLucha

O La Lucha é uma parada obrigatória. É uma lanchonete LIIIIINDA que fica ao lado do Parque Kennedy e que vende as batatas fritas e sanduíches mais famosos de Lima, o lugar é pequeno mas é super bacana e está sempre lotado. A comida merece quase um 10, mas é porque sou uma fresca mesmo.

La Lucha, comida

Almoçamos lá e bebemos Inka Cola, O refrigerante do Peru. O gosto é bem diferente dos refrigerantes que nós estamos acostumados, parece que você está bebendo um chiclete líquido ou algo assim, haha.

Depois dessa parada técnica, continuamos o passeio pela cidade, fomos andando até o Shopping Larcomar que fica tipo no meio das falésias, construído ao longo delas, e os andares são para baixo, seguindo a formação rochosa mesmo. Muito #medo da porra toda cair, hahahaha, sou retardada. Quando saímos de lá fomos tentar a sorte no cassino, depois descemos à praia e fomos ao píer mais lindo que já pisei na vida!

Paisagens passeioShopping Larcomarvista rosa nauticaPraiaO La Rosa Náutica é um restaurante que fica lá, must see total! Saímos de lá à noite e fomos ao parque Reserva onde fica o Circuito Magico del Agua, que são várias fontes diferentes e tal. Eu achei meio bobinho, mas vale a visita porque o parque é enorme e é baratinho pra entrar.

larosanauticaE fique chocado(a), mas nosso dia não acabou por aí! Voltamos ao hotel, trocamos de roupa e saímos para #balada. Mas não rolou e nem tiramos fotos #fail. Era uma quarta feira e quisemos ir por nossa conta para o bairro famoso da balada, o Barranco, mas o lugar não nos impressionou. Na verdade tinha uma cara de lugar decadente, sabe? (Alôu Triângulo! – capixabas vão me entender) Daí ficamos sem muita idéia e sem querer fomos parar em uma rua de pedestres em Miraflores cheia de restaurantes (muitas pizzarias) e com algumas baladas e um Pub maneirinho.
Sobre as baladas a verdade é que não sou fã delas na maioria dos lugares da América Latina, acho meio brega, sabe? Mas no Peru essa foi uma questão em que faltou perguntar para alguém de Lima mesmo.
No dia seguinte fizemos um city tour e passamos por vários lugares legais, começando pelo Parque do Amor e seguindo para vários pontos importantes da cidade (plaza de armas, catedral, igreja de San Francisco, etc.). Fechamos a noite no restaurante Astrid & Gaston, um dos melhores do mundo, mas ficamos na parte do bar, que era bem bacana também. No outro dia de madrugada (3h da manhã) partimos para Cuzco.

Parque do AmorLima dia final

Pausa Importante: PRECISO falar do nosso almoço! Comemos num restaurante SENSACIONAL em Miraflores, chamado Alfresco. Ele é especializado em frutos do mar e foi uma das melhores refeições que fiz nos últimos tempos, hahaha. Pedi um risoto de camarão para dividir com mams e Leonel pediu um mix de pratos que tinha entre outras coisas gostosas Ceviche (que não tem como ir no Peru e não comer, né) close ali em baixo no pedido dele.

Alfresco

E foi isso, gente. O post ficou enorme mas queria mostrar tudo em detalhes! O que vocês têm feito nos feriados?

Me contem o que acharam do post!

Beijos beijos!

Ellen.

Anúncios

8 comentários sobre “Sombrinha na Estrada: Lima, Peru

    • Que bom que gostou, Rita!
      Eu fui totalmente surpreendida por Lima, cidade incrível mesmo!
      Também sou apaixonada por viajar! Sempre que puder postarei as minhas viagens aqui viu?
      Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s